Arquivo da tag: cerveja

Pra frente Brasil!

O assunto da vez é a Copa do Mundo, não se fala mais de nada. Mesmo aqui em Pernambuco, um dos estados que, quando não sofre pela falta de chuvas, sofre com o excesso inesperado delas, como tem sido o caso nos últimos dias, a preocupação é uma só: “onde é que vamos assistir ao jogo da seleção?”.

Terca-feira passada, pra se ter ideia, o céu estava se desmanchando em água e ainda assim o povo lotava as arenas onde havia telões transmitindo o jogo ao vivo. Nem o temporal que caía foi capaz de convencer aquele mundarel de gente de que a partida havia terminado e de que era hora de voltar pra casa, antes que os carros, motos e ônibus que os levaram até ali precisassem ser trocados por canoas, barcos e jet-skis na hora de voltar.

E no trabalho então? Qual é o chefe que, em sã consciência, ao menos cogita segurar seus funcionários na empresa, nos horários de jogos da seleção, trabalhando (ou mesmo fingindo)? Lá no meu trabalho já está definido que, quando os jogos forem à tarde (15h30), o expediente será encerrado às 14h00. Quem quiser que ache correto, mas eu acho isso um absurdo! Uma perfeita demonstração de falta de compromisso… Pôxa! Todo mundo sabe que em dia de jogo da seleção o trânsito fica infernal, e saindo às duas da tarde, não dá para comprar a cerveja e ainda botar pra gelar a tempo para o espetáculo. Continuar lendo

Anúncios

6 Comentários

Arquivado em Crônicas do GUS

Me engana que eu gosto

Assim também é demais! Já não sei no quê acreditar, acabei de ler a notícia de que a Danone vai mudar a propaganda de dois de seus iogurtes mais vendidos: Activia e Actimel, pois segundo a Autoridade Européia de Saúde Alimentar, eles não são tão milagrosos assim quando o assunto é garantir uma viagem regular, tranquila e aliviadora ao banheiro.

Olha, embora eu não seja exatamente o tipo de pessoa que tem problemas com as visitas cotidianas ao vaso sanitário, confesso que havia sido convencido pela credibilidade do comercial, com todas aquelas explicações científicas e gráficos demonstrativos, e, se por acaso eu precisasse de uma forcinha na hora de “fazer força”, com certeza toparia o desafio dos 14 Activias, mesmo porque eu não teria nada a perder, como a moça diz na propaganda: se eu não conseguir err… bom… vocês sabem… recebo meu dinheiro de volta.

A publicidade, em especial a televisiva, nos expõe a um universo de coisas imprescindíveis e maravilhosas que, se até ontem nem sequer dávamos conta da sua existência, hoje temos a plena certeza de que não vivemos mais sem elas. Continuar lendo

8 Comentários

Arquivado em Crônicas do GUS

Macho é macho, e ponto final

Macho se barabeandoDepois de falar sobre algumas particularidades do universo feminino e ser devidamente notificado (via e-mail), de que fui considerado culpado, à revelia, e sentenciado a cumprir um período de 2 meses inteiros dormindo no Sofá, quando voltasse ao Brasil (embora meu advogado tenha garantido que, daqui pra lá, a pena estaria prescrita), resolvi mudar de foco e discorrer sobre o Mundo dos Homens.

Desde os primórdios que o Homem, enquanto pessoa do sexo masculino, foi reconhecido como um animal forte, astuto, perspicaz. Capaz de suportar as agruras e os perigos da caçada e das florestas pré-históricas com seus dinossauros e tudo o mais (e não me venham aqui com conjecturas e teorias da conspiração de que dinossauros e humanos não coexistiram! Eu já vi isso num filme e sei que é verdade!), para trazer o alimento para casa. Continuar lendo

2 Comentários

Arquivado em Crônicas do GUS