É memis? Cacildis!

Eu não sei se o errado sou eu ou os outros, mas sabe quando a gente tem a impressão de estar vivendo numa época errada? Por mais clichê que possa parecer, eu começo a sentir isso.

O Mundo de hoje anda tão inundado do “politicamente correto”, que estamos tirando toda a graça de viver, afinal tudo hoje é bullying, ou é preconceituoso, ou prejudicial à saúde ou engorda.

Sei não, mas sou do tempo em que vivíamos sem saber da existência de nada disso e éramos muito mais felizes.

Na escola eu era o patinho feio da turma, muitas das vezes excluído das algazarras e brincadeiras, e quando resolviam me incluir, era sempre para me lascar e/ou levar a culpa. Nem por isso eu cresci complexado, não me afundei nas drogas e tampouco gastei dinheiro com terapia.

Também perdi as contas de quantos apelidos já tive, principalmente nos tempos de Academia Militar, sem nunca ter me sentido diminuído por isso. Vai ver que é porque ninguém, naquele época, me avisou que isso era bullying, se eu soubesse talvez tivesse seguido o procedimento padrão esperado de todos os “bullyinados” e me revoltado ou desenvolvido um trauma qualquer.

Sou da época, e os da minha geração podem confirmar, em que as crianças viam na televisão, em canal aberto, programas como “Os Trapalhões”, com piadas que hoje seriam consideradas extremamente racistas e preconceituosas, e com um dos meus grandes ídolos: Antônio Carlos Bernardes Gomes, o Mussum, bebendo ou falando de cachaça (mé!) em todas as suas cenas, sem que isso tenha me tornado nazista ou alcoólatra.

Mas hoje tudo é diferente, tudo é ofensivo, tudo deve ser combatido.

A última é essa maluquice que estão postando no Facebook, pedindo aos amigos que não re-postem, re-curtam, re-compartilhem ou re-publiquem nada do que postamos, curtimos compartilhamos ou publicamos… Ora, se é assim, para que participar de uma rede social? Hello!? Esse é o motivo de você ter criado uma conta no Facebook, Twitter, Orkut, Google+, Instagr.am e afins, para mostrar a todo mundo que você é feliz, inteligente, antenado e bem sucedido, que lê bastante, que adora os animais, a natureza e que se importa com o problema dos outros, mesmo que nada disso seja verdade.

A justificativa de que é para não expor seus dados e seus comentários para pessoas que não fazem parte de seu ciclo de amizades é tão ridícula quanto aquela conversa da quadrilha de esquilos treinados para roubar os dados do seu cartão de crédito.

Se você tem tanta coisa assim a esconder/proteger, comece excluindo sua conta em todas as redes sociais e cancele para sempre todo o contato com a internet. Alugue uma caixa postal e nunca mais dê seu endereço ou número de telefone para ninguém. Assim, eu acho, você estará seguro.

O fato é que estamos criando uma sociedade de superprotegidos, de pessoas que não podem se expor a nada que isso já irá causar problemas desastrosos e irreparáveis, e provavelmente esse seja o maior erro. Como diríamos em minha época: um bando de mamões.

Muitas vezes, precisamos aprender por nós mesmos, reagir, diferenciar o que é bom do que é mau, o que faz bem do que pode nos prejudicar. Precisamos até mesmo quebrar a cara para amadurecer, mas se isso nos for sempre privado, se formos sempre protegidos, como é que vamos nos desenvolver?

Pois é amigos, certo estava o Ultraje a Rigor naquela música: “Não vai dar, assim não vai dar. Como é que eu vou crescer sem ter com quem me revoltar?”.

E, como diria meu ídolo Mussum, “Cacildis, vai caçar sua turmis!”, que eu vou ali tomar um “suco de cevadis”, enquanto isso ainda não é politicamente incorreto!

Recife-PE, 24/10/12

Augusto Vilaça

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Crônicas do GUS

2 Respostas para “É memis? Cacildis!

  1. Que saudades das extraordinárias Crónicas do Gus !!
    No ponto, como sempre, grande Capitão 😉

  2. Augusto Vilaça

    Grande amigo! Felicidade em vê-lo de volta por aqui.
    Pois é, andava sem escrever, vamos ver se volta a carga de inspiração.
    Grande abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s